29.1.09

dias de felicidade sem validade

paredes frenéticas mudavam de cor rapidamente, passavam de roxo, pra vermelho, marrom, verde.
o meio fio passa de seco, pra molhado.
a lágrima passa de molhada, pra seca.
é amor, e nós sabemos que é.
to monogamica e completamente viciada.
seria mais fácil se eu não tivesse, mas eu confesso que gosto das gargalhadas que iluminam a sala do charlie chaplin.
eu confesso que eu gosto do tanto colorido que me bate aqui dentro quando deito no peito confortável que me protege a noite inteira.
tem uma óbvia atração entre a rosa e o espinho.
há uma óbvia atração entre o bom e o ruim.

ele sim; gosta do modo carinhoso, do inacabado, do malfeito, daquilo que desajeitadamente tenta um pequeno vôo e cai sem graça no chão.

eu te amo.

Um comentário:

Wesley disse...

=´)
amei amor
tudo pra mim
s2
Me abraça?